Nossa História


Veja mais

A Central Park nasceu em dezembro de 1973. O cantor e compositor Dick Danello e o produtor Mickael alugaram um espaço na Avenida Ipiranga, no centro de São Paulo, com a ideia inicial de produzir artistas brasileiros que cantassem em inglês, contribuindo para um movimento em ascenção no mercado fonográfico brasileiro que ficou conhecido como o movimento dos falsos ingleses.

Para a produção dos primeiros projetos da Central Park, foi chamado o maestro, arranjador e produtor musical Daniel Salinas, já conhecido por seu disco Atlantis. Esta parceria durou muitos anos e foi responsável por alguns dos primeiros grandes títulos que a gravadora produziu.

Ao lado das produções iniciais, a Central Park procurou valorizar a enorme diversidade musical existente no Brasil, e lançou títulos calcados em gêneros musicais diversos como o rock, romântico, samba-rock, música popular brasileira, experimental, pop, música regional, entre outros, sempre prezando pela qualidade da produção e pela excelência musical.

Através de parcerias estabelecidas com a RCA e com produtores fonográficos de vários países através do MIDEM, a Central Park lançou no Brasil e América Latina títulos internacionais e, na Europa e Estados Unidos, artistas brasileiros como Dave MacLean, Edward Cliff, Teo Azevedo, que venceu o Grammy Latino de 2013, entre muitos outros.

Orgulhando-se de fazer parte da história de luta pela sobrevivência das gravadoras independentes dos anos 70, em meio a um ambiente de constantes desafios, a Central Park se mantém firme em seu propósito de promover a boa música e criar uma rede forte e independente de colaboração entre músicos, produtores, artistas, profissionais e entusiastas.

Colaboradores

ASSINE
NOSSA
NEWSLETTER