Ángel Cárdenas

Ángel Cárdenas foi um cantor de tango, compositor, letrista, ator e diretor de cinema argentino. Seus primeiros professores foram Alberto Ginastera e Roberto Grela. Nos anos 40 ele atuou em diferentes rádios cantando tangos e folclore do sul da Argentina.

Ele também participou como ator e assistente dos diretores Leon Klimovsky, Armando Bo, Mario Soffici, Fernando Ayala, entre outros.

Em 1956, ele se juntou à orquestra de Aníbal Troilo como cantor, com quem gravou nos selos TK e Odeón, e se apresentou em diferentes cafés e cabarés de Buenos Aires.

Em 1960 ele se desassociou da orquestra Pichuco para formar sua própria orquestra, dirigida por Ernesto Rossi. Em sua nova fase como solista, ele excursionou pela América Central, Estados Unidos, Peru e Venezuela. Ele é considerado uma das maiores vozes do tango do século 20.



Albuns

ASSINE
NOSSA
NEWSLETTER